Financiamento bancário: Como conseguir as melhores condições

O financiamento bancário continua a ser a forma preferida dos empreendedores e empresários portugueses para obterem capital. Apesar de existirem no mercado outras alternativas, esta é a que parece estar mais enraizada no mundo empresarial nacional.

Para iniciar uma atividade, os empreendedores devem ter pelo menos algum capital próprio e, por norma recorrer a capital alheio. Neste último caso, o recurso a instituições financeiras é o mais procurado, por várias razões.

Independentemente da fonte de financiamento escolhida, é essencial estudar todas as opções disponíveis, para depois eleger a mais adequada ou até combinar algumas.

Tipos de financiamento disponíveis

Uma rápida pesquisa sobre o tema mostra a enorme diversidade de fontes de financiamento que já existem em Portugal. As opções disponíveis vão muito para além do tradicional crédito bancário.

Existem diversos apoios e incentivos, como o crowdfunding, Portugal 2020,  Business Angels e Capitais de Risco, fundos de investimento, entre outros. Na maior parte das vezes, a burocracia envolvida ou o desconhecimento, demove os empreendedores, que acabam por recorrer à banca.

No entanto, mesmo que decida optar pelo financiamento bancário, lembre-se: nunca se deve precipitar! Há alguns cuidados simples que pode ter para conseguir as melhores linhas de financiamento com as melhores condições do mercado.

 

3 Vantagens de recorrer a consultoras especializadas para negociar com a banca

 As instituições bancárias têm uma posição de poder face ao empreendedor. Isto porque são elas que têm o capital que o empreendedor necessita e porque detêm um conhecimento financeiro que ele não possui.

Isto, por si só, já coloca o empreendedor numa posição desfavorável na hora de bater à porta dos bancos.  Assim, existem vantagens significativas em solicitar um crédito e negociar com a banca através de intermediários especializados.

 

1- Maior conhecimento e atenção aos pormenores

Para se lidar com a banca é necessário conhecimento. Na generalidade dos casos, o empreendedor, quando vai ao banco, está focado apenas em obter capital. Por outro lado, o gestor de conta que o atende está lá para defender os interesses e objetivos comerciais da instituição bancária. Assim, não raras vezes, o empreendedor obtém uma linha de crédito que serve o interesse do banco e não o seu. Com maior conhecimento, poderia ter escolhido uma linha de crédito mais vantajosa ou até outro banco.

Por outro prisma, como o empreendedor não domina a área financeira, existem vários detalhes que lhe passam ao lado. Referimo-nos a taxas, comissões, prazos de maturidade, garantias e períodos de carência. Tudo somado pode representar uma poupança de largas centenas de euros!

Por tudo isto, optar por consultoras especializadas para obter e negociar financiamento é a opção mais segura. Estas empresas estão mais atentas a detalhes e têm equipas especializadas em analisar contratos e negociar condições.

2- Maior capacidade negocial

Devido à sua experiência e conhecimento financeiro, as consultoras especializadas tratam todo o processo com grande racionalidade e atenção aos detalhes. Sendo uma grande vantagem na hora de defender os interesses do seu cliente, nas negociações das comissões, taxas, prazos, garantias e outros.

Assim, deixar que consultoras especializadas lidem diretamente com a banca, oferece maior segurança e representa uma poupança de muitas centenas de euros.

Na maior parte dos casos existe já uma base de confiança entre as partes que facilita e agiliza todo o processo. As condições alcançadas são normalmente muito vantajosas. O empreendedor pode manter-se focado no sucesso do seu negócio e delegar este trabalho para quem sabe.

 

3- Melhores condições de financiamento

Negociar através de consultoras especializadas permite alcançar um equilíbrio justo para o empreendedor na apresentação de garantias e capital próprio, entre outros. Também o facto de as consultoras financeiras conhecerem bem o funcionamento das instituições bancárias simplifica todo o processo. Essas instituições sabem quais as linhas disponíveis e protocoladas com o estado português, facilitando o acesso ao crédito e o processo negocial.

As taxas de juro e as condições obtidas mediante a intervenção destes especialistas são incomparavelmente mais vantajosas. Em suma, é um investimento que se paga a si próprio e em pouco tempo, poupando centenas de euros aos empresários.

Antes de avançar para um financiamento, procure um intermediário financeiro adequado às suas necessidades e com experiência nestes processos. Este irá ajudá-lo a conseguir as melhores condições para o seu negócio com ganhos muito significativos.

Quero saber mais sobre financiamento!